Trabalho híbrido ou remoto – Vantagens e desvantagens

porWitseed
home office

Pesquisas do Brasil e do mundo analisam como empresas devem se organizar no mundo pós pandemia. Veja as maiores preocupações, vantagens e desvantagens do trabalho híbrido, remoto e presencial, apontadas por líderes e colaboradores!

O ano é 2020. Você acorda normalmente para iniciar sua rotina em dias  de trabalho. Se arruma, realiza algumas tarefas matinais antes de sair de casa, toma um café e sai para mais um dia na empresa. 

Em meio às notícias de uma crescente propagação de um vírus, ao chegar no local de trabalho, é notificado por seu chefe que a partir do dia seguinte a empresa vai adotar o modelo de home office, até tudo ficar mais seguro.

Muitas perguntas surgem na sua cabeça. Que vírus é esse? Quais são os protocolos de segurança? Quando tudo voltará ao normal? Como funciona o home office? Será que o home office vai ser um formato definitivo de trabalho? 

Uma pesquisa realizada pela Fundação Dom Cabral, em parceria com a Grant Thornton, entre março e abril de 2020, conferiu que 54% dos profissionais pretendem propor ao chefe continuar no trabalho remoto quando acabar a pandemia do novo coronavírus.

Após um ano de pandemia e, consequentemente, do novo modelo de trabalho proposto, é possível analisar os resultados do home office de forma mais prática, contando as suas vantagens, desvantagens e conhecendo uma tendência de uma nova rotina de trabalho num mundo pós-Covid.

Vantagens do trabalho remoto

Melhoria na produtividade 

Segundo pesquisa da Flexjobs, 93% das pessoas entrevistadas afirmam que sua casa é o lugar preferido para trabalhar quando o assunto é ser produtivo. Isso acontece pois o home office permite que você organize seus horários, podendo conciliar as tarefas da empresa com as tarefas pessoais. 

Além disso, em casa você consegue criar um espaço personalizado de trabalho, onde fica mais agradável e confortável para executar suas missões. Com isso, o colaborador pode perceber quais são os momentos de maior eficiência no trabalho, gerando maior independência ao trabalhar de casa.

Reuniões com mais foco  

Diga adeus ao desespero de ter várias reuniões seguidas na empresa. Com o home office você estará no conforto de seu espaço, podendo planejar melhor os seus compromissos e seus horários, evitando assim atrasos acidentais ou recorrentes. 

A grande vantagem também é a flexibilidade dos horários das reuniões, podendo juntar mais colaboradores com grande facilidade.

Mais tempo com a família

Sabemos que conviver 24 horas, mesmo com as pessoas que amamos, também tem seus desgastes e desvantagens. Entretanto, o trabalho remoto também trouxe bons resultados na relação familiar, no sentido de conseguir dedicar um tempo mais equilibrado entre vida profissional e pessoal, além da qualidade desse tempo também ser melhor, as horas que antes eram passadas fora de casa, por trabalho e deslocamento, tornaram-se oportunidades de novos momentos entre pais e filhos, casais e parentes.

Trabalho híbrido ou remoto = mais tempo livre e menos tempo no trânsito

O tempo perdido e o estresse diário com o deslocamento para o trabalho são substituídos pela comodidade e tranquilidade. Trabalhando em casa você ganha tempo livre para planejar o que quiser, economiza seu dinheiro com os eventuais gastos, sem contar que é muito melhor começar o seu dia sem estresse, certo?

Diversidade nas contratações

Segundo uma pesquisa da Revelo, com o aumento do home office, impulsionado pela pandemia, as contratações fora das grandes capitais brasileiras aumentaram em 20%. 

O que isso significa? Colaboradores de diferentes lugares incentivam a diversidade cultural na empresa. Dessa forma, quanto mais experiências e visões diferentes, mais plural e acolhedor será um ambiente de trabalho, favorecendo a troca de experiências entre diversos perfis profissionais.

A Witseed desenvolveu uma trilha de cursos especialmente para melhorar a performance e a produtividade de times na nova realidade híbrida de trabalho!

Desvantagens do trabalho remoto

Falta de infraestrutura 

O escritório é um ambiente equipado e preparado para receber os colaboradores em suas jornadas diárias de trabalho. Da iluminação à internet, esses espaços têm uma estrutura que nem sempre é possível vão ter em casa. 

Segundo uma pesquisa da FGV Saúde (Centro de Estudos em Planejamento e Gestão de Saúde), a falta de uma estrutura física adequada para o trabalho no home office pode acarretar males físicos e psíquicos. 

desvantagens trabalho híbrido ou remoto
Fonte: MIT Technology Review, FGV IBRE, FGV Saúde e FGV IDE.

Perda de foco

Apesar de foco estar em destaque na lista de vantagens, na realidade de uma outra grande parte da população a sensação foi oposta.  A fusão do ambiente de casa com o ambiente profissional se torna problemática quando não há ou não é possível estabelecer limites claros entre esses ambientes, trazendo desvantagens para os dois lados. Isso gera uma sensação de confusão no colaborador que, por vezes, fica perdido em decidir qual é a prioridade da vez: a tarefa doméstica ou a tarefa profissional.

Além disso, a pandemia traz uma dificuldade extra para quem mora com crianças, pois no home office fora da quarentena é possível aproveitar melhor o tempo em que crianças estariam na escola, na creche ou em atividades extras. 

Trabalhar mais do que o esperado

O trabalho híbrido ou remoto permite que você crie seus próprios horários. Porém, quando você não consegue administrar bem sua rotina, tudo vira uma bola de neve; você se atola nas tarefas profissionais e perde momentos essenciais da sua vida pessoal.

A flexibilidade de horários por conta do home office fez com que com que alguns colaboradores começassem a trabalhar muito cedo e ficassem até altas horas da noite produzindo. Em um levantamento realizado pelo LinkedIn, 68% dos profissionais que estão trabalhando de casa disseram que têm trabalhado pelo menos 1 hora a mais por dia, e 21% dos profissionais chegam a trabalhar até 4 horas a mais por dia.

Isolamento social

O contato com o ambiente de trabalho colabora muito para o desenvolvimento social e profissional. A rotina diária de convivência e compartilhamento supria uma necessidade de interação natural nossa, além de contribuir para ideias e comunicações mais espontâneas. Com a pandemia e com uma rotina de trabalho exclusivamente remota, ainda que os colaboradores tenham contato com o time online, podem ocorrer sensações de solidão e isolamento.

Com isso, entendemos que as dinâmicas de interação online com os times de trabalho assumem um papel importante para o desenvolvimento contínuo das habilidades de relacionamento, criando e mantendo as conexões das equipes, mas não são capazes de suprir alguns benefícios da relação presencial.

Comunicação assíncrona

Sabe quando você está com dúvida em alguma tarefa da empresa e precisa de uma resposta imediata do seu colega de trabalho? Nem sempre é fácil resolver uma dúvida simples no home office. 

Isso ocorre porque a comunicação assíncrona é desafiadora. Um colaborador que precisa continuar o trabalho nem sempre terá a resposta imediata, já que no trabalho remoto as horas são flexibilizadas.

De acordo com uma pesquisa da MIT Technology Review Brasil, dois traços de personalidades tiveram destaque no desempenho em casa:

Indivíduos conscienciosos desempenharam melhor as suas funções durante o período de home office

Indivíduos com maior abertura a situações novas também performaram melhor

Sendo assim, profissionais que se adaptaram ao trabalho em casa, mantendo ou aumentando a sua produtividade, têm mais chances de manter o home office. Para esse modelo são necessários profissionais ativos e intraempreendedores.

Após a pandemia: trabalho híbrido ou remoto?

Trabalho híbrido ou remoto pós pandemia
Fonte: MIT Technology Review, FGV IBRE, FGV Saúde e FGV IDE.

A crise e os riscos provocados pelo novo coronavírus fizeram com que as empresas redesenhassem as suas operações e reinventassem a forma de trabalho de suas equipes. O Home Office foi a alternativa que mais se adequou aos protocolos de segurança e higiene, praticamente não houve outra opção para a maior parte das empresas. 

Segundo uma pesquisa da MIT Technology Review com a FGV IBRE, FGV Saúde e FGV IDE, os colaboradores entrevistados, quando questionados sobre uma possível retomada das empresas aos escritórios e a consequente diminuição ou abandono total do home office, 6,5% afirmaram não querer mais home office nenhum dia, e 93,5% querem manter pelo menos um dia desse formato.

adesão trabalho híbrido ou remoto
Fonte: MIT Technology Review, FGV IBRE, FGV Saúde e FGV IDE.

Ainda segundo a pesquisa, quase 10% dos entrevistados não querem mais voltar para o escritório, sendo o maior grupo desse percentual composto de adultos entre 35 e 44 anos, que consideram a conciliação suas tarefas pessoais e profissionais em casa. 

Todos os entrevistados acreditam que, quando a pandemia acabar, as empresas devem adotar um modelo híbrido, que mistura pelo menos 3 tipos de espaços: o do escritório, o de casa e o coworking.

Esse novo formato proposto une o melhor dos dois mundos: as vantagens do conforto do home office com as vantagens da dinâmica do escritório. Afinal, passamos por um ano em que o mundo se surpreendeu -e continua se surpreendendo- com a capacidade de adaptação de funcionários e empresas ao trabalho remoto e a diversas outras mudanças. 

Algumas pessoas encontraram muitas dificuldades de se adaptar a Home Office no início da pandemia, outras tiveram ainda mais facilidade com a rotina e agora gostam do formato. Outros se adaptaram até melhor do que antes, desde o início, e alguns podem estar com dificuldades até hoje. O fato é que a longa duração da pandemia fez com que no mínimo todas as pessoas se habituassem ao trabalho remoto, mas o que vai prevalecer após isso tudo é o local onde cada um se sente mais produtivo, criativo e feliz. 

O futuro do trabalho nas empresas, híbrido ou remoto, será o que for melhor para o desenvolvimento e produtividade de cada um, conciliando vida pessoal e profissional. É muito importante que gestores ouçam os seus funcionários para tomar decisões após toda a campanha vacinação completa. 

Um dos principais consultores de RH do mundo, Josh Bersin, associado a Deloitte, fez uma pesquisa com líderes de RH das maiores empresas do mundo e apontou como as empresas também estão se acostumando com o trabalho híbrido ou remoto e colocando na balança os benefícios que o Home Office proporciona.

  • 20 a 30% dos líderes de RH vêem a economia de custos com imóveis como um grande benefício. Uma pesquisa recente do Financial Times constatou que 49% das empresas do Reino Unido estão planejando reduzir o espaço de locação. Um percentual muito alto, mesmo para um país desenvolvido.
  • A troca de milhares de viagens por reuniões virtuais e cursos online está fazendo empresas e pessoas economizarem dinheiro, aumentarem a produtividade e ainda está melhorando o meio ambiente.

Em números, a pesquisa apontou que a prática de Home Office nos EUA pode reduzir 51 milhões de toneladas métricas de gases de efeito estufa ainda este ano e que funcionários podem economizar entre US $ 2.000 e US $ 6.500 por ano em gastos com creche e com gasolina.

  • As tecnologias e ferramentas para o trabalho remoto estão melhorando a cada minuto 
  • Outra grande tendência apontada é que cada vez mais empresas sigam o modelo de Centros de Serviços Compartilhados, unindo principalmente os setores de RH, TI, Instalações e Segurança, quebrando paredes e burocracias entre esses setores, fazendo com que esses grupos enfrentem  juntos os novos desafios daqui pra frente em colaboração, compartilhamento, gerenciamento de projetos, videoconferências, definição de metas, feedbacks, reconhecimentos e aprendizados.

Como o trabalho híbrido ou remoto impactam a liderança

Se você é líder e quer desenvolver habilidades para esta nova realidade, você também pode ler este artigo que escrevemos sobre os 7 comportaments fundamentais para liderar times remotos. Este artigo, foi baseado no curso que produzimos com a Denise Salvador, Líder de Treinamento & Desenvolvimento na Vale.

Para Denise, remota ou presencialmente, os princípios da liderança são os mesmos, mas habilidades de comunicação, confiança e engajamento são diferentes e precisam ser desenvolvidas para ontem! Assista, abaixo, ao teaser desse curso incrível!

Quer saber como a Witseed pode capacitar os seus colaboradores para esse e para os próximos desafios do futuro?

Acesse nosso site e conheça a Witseed

Witseed

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Veja mais conteúdos

Peter Diamandis descreveu brilhantemente em 6 etapas como setores sofrem uma mudança Exponencial. Nesse artigo, traçamos
Metas para o ano que vem? Tendências que irão impactar a Educação Corporativa? Quem melhor que
Por Gabriela Cardoso / Gerente de Conteúdo da Witseed Não leve uma plataforma LMS para a